Arnica: para que serve e como utilizar

0

Retirada das montanhas da Europa, a arnica pode ser apresentada no seu formato original, mas também pode ser utilizada em formato de gel, pomada e chá, sempre buscando sua função terapêutica.

Sua serventia é habitualmente utilizada para contusões, dores e tratamentos para hematomas, que podem ter sido causados após procedimentos cirúrgicos, como por exemplo após ritidoplastia, que é o procedimento para diminuição das rugas, entre outros.

Neste post vamos esclarecer suas possíveis dúvidas sobre para que serve a arnica e como ela pode ser utilizada.

O que é a arnica e para que serve?

Arnica é o nome popular da Arnica Montana, um tipo de planta proveniente das altas serras do continente europeu e dos recantos da Sibéria. É importante saber que a arnica serve para diversas funções.

O que é a arnica e para que serve
Fonte/Reprodução: original

Veja abaixo as principais:

Anti-inflamatória

A arnica possui uma propriedade mundialmente conhecida, o de ser um ótimo anti-inflamatório e já foi utilizada por muito tempo como uma planta medicinal com finalidade para tratamentos de alergias e inflamações.

Reduz inchaços

Sendo utilizada em forma de gel ou pomada, a arnica serve para reduzir inchaços e tem grande poder contra dores musculares.

Poder cicatrizante

Por ter substâncias antioxidantes, a arnica serve para cicatrização de feridas e até de picadas de inseto, o recomendado é que se passe até obter a cicatrização total.

Agora que você já sabe para que serve a arnica, veja outros benefícios de sua utilização e também em que casos ela não é indicada.

Benefícios da arnica

Além de ter ações antioxidantes, a arnica serve para prevenir o envelhecimento precoce, um fantasma para muitas pessoas. Além disso, a arnica também ajuda no tratamento para machucados e inchaços de braços e pernas, quando utilizado no seu formato de pomada, pois seu efeito fitoterápico usado em massagens traz isso como benefício.

Quando utilizado na sua forma originária, em folha, pode ser usada por meio de infusão, gerando efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios também.

Como utilizar a arnica?

A arnica pode ser utilizada de diversas formas, sendo mais popular em dois modos, sendo eles:

Chá e compressas:

Podemos usá-la por meio de compressas de chá, feito através imersão das flores secas em água fervente que será posteriormente coada, nesse formato a arnicas serve para usos em arranhões, traumas e também para gargarejos nos casos de gengivite ou dores de dentes, mas importante orientar que não se pode em hipótese alguma ingerir esse líquido.

Pomada

A arnica também é indicada no formato de pomada, ótima para uso de contusões, algias em geral ocasionadas por pancadas, seu uso nesse formato pretende o alívio das dores musculares e a retirada de roxos na pele. Também indicado para o alívio de dores musculares, hematomas, dores articulares.

Outra forma de utilizar a arnica é no formato de óleo, com seu uso restrito apenas para aplicações na pele.

Cuidados e contraindicações da arnica

Para os que buscam consumir a arnica in natura é importante ter muita cautela, pois na ingestão da mesma por forma de chá, seu consumo pode se tornar bem tóxico, tendo efeitos abortivos ou causar edemas, enjoos chegando até a possíveis vômitos, seu uso por longo período pode ocasionar arritmias. Por esses motivos, não é recomendado o não consumo das folhas, flores ou caules da planta de arnica.

Outra contra indicação, fica para a utilização da Arnica em feridas abertas, como também em cicatrizes cirúrgicas, que comumente são lugares com presença de sangramentos. E essa contraindicação acontece porque a arnica pode ser absorvida e acabar gerando efeitos colaterais tóxicos.

Cuidados e contraindicações da arnica
Fonte/Reprodução: original

Para segurança do usuário é importante lembrar que devido aos seus possíveis efeitos tóxicos, a utilização da arnica fica restrita apenas para adultos, assim como seu uso no formato de pomada deve ser feito por um curto período.

A arnica é dúbia, pois tem funcionalidade positiva quando manipulada adequadamente, quando usada de forma prudente e também em momentos corretos. Dito isso a arnica serve para diversos motivos e situações, com cautela para saber dosar seu uso.

Por mais que seu manuseio seja fácil, é recomendável o aconselhamento de um profissional de saúde antes da sua utilização, procure um médico ou farmacêutico.

Leave A Reply

Your email address will not be published.