para-que-serve-prednisona.
5
(1)

Você sabe o que é este medicamento ? E para que serve Prednisona ?

A prednisona é uma das diversas formas sintéticas do hormônio cortisol, que é produzido pela glândula supra-renal.

Para saber para que serve Prednisona,  precisamos entender que o cortisol age no metabolismo da glicose, das gorduras e das proteínas, e também tem ação no sistema imunológico e no crescimento ósseo, é anti-inflamatória, ajuda a regular os eletrólitos do sangue, auxilia processos de cicatrização, entre outros, etc.
A prednisona é aproximadamente 5 vezes mais potente que o cortisol produzido pelo nosso corpo, o que permite que ela seja utilizada em quantidades que superam a produção natural da cortisol.
Quando prescrita em doses elevadas, a prednisona tem potente ação anti-inflamatória e imunossupressora, sendo, por isso, utilizada com frequência em doenças de origem inflamatória e imunológica.

Nomes comerciais da Prednisona ?

Comercialmente a Prednisona é encontrada por vários nomes disponíveis, como por exemplo:

  • Alergcorten.
  •  Artinizona.
  • Corticorten.
  • Crispred.
  • Flamacorten.
  • Meticorten.
  • Predcort.
  • Predinis.
  • Predson.Porém o nome comercial mais famoso da prednisona é o meticorten. A Prednisona só é comercializada em comprimidos de 5 mg ou 20 mg.

Mas… para que serve Prednisona ?

O número de doenças que podem ser tratadas com a prednisona é muito grande. Entre elas estão:

  • Doenças das glândulas (endócrinas)
  • Doenças dos ossos e dos músculos (osteomusculares)
  • Doenças que afetam vários órgãos e tem causa autoimune ( Distúrbios de Colágeno)
  • Doenças dos Olhos (Oftalmológicas)
  • Doenças Respiratórias
  • Doenças do Sangue (Hematológicas)

Dentre outras doenças que respondam ao tratamento com medicamentos que contem Prednisona.

Especificamente falando, as doenças mais comuns , que utilizam prednisona no tratamemto são:

  • Anafilaxia.
  •  Arterite de células gigantes.
  • Arterite de Takayasu.
  •  Artrite reumatoide.
  •  Asma.
  • Doença de Crohn.
  • Esclerose múltipla.
  • Granulomatose de Wegener.
  • Glomerulopatias (doença de lesão mínima, glomerulopatia membranosa, glomerulosclerose segmentar e focal, etc).
  • Gota.
  • Labirintite.
  • Lúpus Eritematoso sistêmico.
  • Paralisia de Bell.
  • Pericardite.
  •  Polimiosite e dermatomiosite.
  • Púrpura trombocitopênica idiopática.
  • Síndrome de Stevens-Johnson
  • Urticária.

A dose da prednisona a ser usada vai variar dependendo da doença a ser tratada e da gravidade da mesma.

Efeitos Colaterais do Uso da Prednisona

 

A Prednisona e os corticoides em geral, são “famosos” por apresentar uma grande lista de efeitos colaterais possíveis, que variam desde problemas estéticos até o desenvolvimento de diabetes mellitus e infecções graves.
Quanto maior o tempo de tratamento e a dose indicada, os efeitos colaterais são mais comuns e mais intensos. Entre eles estão:

  • Ganho de peso.
  • Acumulo de gordura na face e no tronco (síndrome de Cushing).
  • Diabetes mellitus.
  • Hipertensão arterial.
  • Equimoses (manchas roxas na pele).
  •  Estrias.
  • Catarata.
  • Glaucoma.
  • Elevação do colesterol.
  • Lesões musculares (miopatia),
  • Fraturas ósseas
  • Necrose da cabeça do fêmur.
  • Osteoporose.
  • Distúrbios do crescimento em crianças.
  • Psicose.
  • Depressão.
  • Aumento do risco de infecções.
  • Cicatrização deficiente.
  • Candidíase.
  • Retenção de líquidos.
  • Alterações menstruais.
  • Gastrite.
  • Úlcera péptica.
  • Esteatose hepática.
  • Pancreatite.
  • Infertilidade.Infelizmente, estes são apenas alguns efeitos colaterais possíveis. Por este motivo, a Prednisona deve ser muito bem indicada e utilizada pelos médicos, para que a mesma tem uma ação benéfica ou invés de maléfica.

Avalie esse artigo

Clique nas estrelas para avaliar

Classificação Média 5 / 5. Quantidade de Votos 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar esta postagem.