Vitamina D: Veja para que serve?

Produzida de forma fisiológica pelo nosso organismo, a vitamina D é uma vitamina com inúmeras funções importantes para a manutenção da nossa saúde e do nosso corpo. Além de ser feita através do nosso organismo por meio da exposição de nossa pele à luz solar, a vitamina D também pode ser encontrada em grandes quantidades ao consumir certos tipos de alimentos.

A vitamina D tem funções que são essenciais para o bom funcionamento do nosso corpo, como a regulação de fósforo e cálcio no organismo, assim como sua correta absorção em nosso organismo. 

Além disso, regula também as células responsáveis pela formação dos ossos do nosso corpo, de forma que sua integridade depende dos níveis séricos de vitamina D. A deficiência desta vitamina, tão importante para a normalidade do nosso organismo, pode provocar inúmeras patologias ósseas como a osteoporose, ou o raquitismo nas crianças. 

Junto a isso, inúmeras pesquisas científicas atuais provam a associação de sua deficiência a condições como hipertensão, diabetes mellitus e alguns tipos de câncer. Interessado em saber mais? Acompanhe nosso artigo e veja para que serve a vitamina D e o que a torna tão importante para o nosso organismo!

Vitamina D: o que é

A vitamina D é uma vitamina essencial para o bom funcionamento do nosso organismo, principalmente para a estruturação e manutenção dos tecidos ósseos do corpo humano. Conhecida também por ser a vitamina do sol, ela é produzida em nosso organismo como uma resposta fisiológica à exposição da nossa pele à luz solar, porém pode ser encontrada também em diversos alimentos e suplementos.

Ela é lipossolúvel e auxilia na absorção de inúmeras proteínas, em especial no cálcio. Por conta disso, ela é extremamente importante na mineralização e no crescimento dos ossos, como também se encontra envolvida em diversas funções do sistema imunológico, cardiovascular, digestivo e nervoso.

Vitamina D Veja para que serve (3)
Fonte/Reprodução: original

Não só isso, como também há inúmeros estudos que mostram que, além de regular inúmeros sistemas do nosso organismo, a vitamina D também é responsável por prevenir diversas doenças como a depressão, diabetes, alguns tipos de câncer e doenças cardiovasculares.

Além disso, a deficiência de vitamina D em parte da população é uma grande preocupação de saúde pública – justamente por conta dos inúmeros benefícios que ela trás para o nosso corpo. Com isso, percebe-se a grande importância que essa vitamina tem nas funções fisiológicas do nosso organismo.

Quais alimentos com vitamina D?

Por mais que a principal fonte de vitamina D seja feita pela exposição à luz solar diária por pelo menos 15 minutos durante o período da manhã, ela pode ser obtida também através do consumo de diversos alimentos ricos em vitamina. 

Dentre esses alimentos, podemos destacar os óleos de fígado de bacalhau, óleo de salmão ou o próprio salmão, ostras, arenque, leite, ovo, carnes bovinas ou suínas variadas, frango, fígado de galinha ou bovino, manteiga, iogurtes e até mesmo sardinha enlatada.

O grande problema é a questão que a vitamina D está presente apenas em alimentos de origem animal ou em produtos fortificados. Ou seja, não é possível encontrar essa vitamina em fontes vegetais ou em grãos – o que se torna um problema para os indivíduos vegetarianos. Por conta disso, indivíduos vegetarianos devem utilizar como fonte a própria exposição solar ou suplementos indicados pelo médico especialista.

Bom, os alimentos ricos em vitamina D já são de consumo diário por grande parte da população – entretanto, tanto o consumo dos alimentos como de suplementos vitamínicos são extremamente recomendados quando a exposição solar não é o suficiente para a produção pelo organismo. 

Quais os benefícios da vitamina D para o organismo?

Extremamente necessária para o nosso organismo, a vitamina D é essencial para a manutenção de diversos sistemas e órgãos do nosso corpo, além de ser o principal regulador do metabolismo ósseo. 

Vitamina D Veja para que serve (2)
Fonte/Reprodução: original

Por conta disso, é extremamente importante que os seus níveis sanguíneos estejam ideais, e saber as funções dessa vitamina para o nosso corpo é extremamente importante para redobrar a atenção no momento de aquisição da mesma. Os principais benefícios da vitamina D para o nosso organismo são:

  • A manutenção e o fortalecimento dos ossos e dos dentes: isso ocorre pois a vitamina é responsável por aumentar a absorção de cálcio e de fósforo no intestino, de forma que facilita a entrada dos minerais em nossos ossos e auxilia no seu crescimento e manutenção;
  • Prevenção da diabetes mellitus: a vitamina atua diretamente na manutenção do pâncreas e estimula uma maior produção de insulina, hormônio responsável por regular o nível sanguíneo de glicose;
  • Melhora do sistema imunológico: de forma que protege o indivíduo de infecções;
  • Redução de processos inflamatórios: diminui a produção das substâncias produzidas durante a inflamação, além de ajudar também na amenização de doenças autoimunes;
  • Prevenção de doenças cardiovasculares: reduz a pressão arterial;

Além de todos esses benefícios para o nosso organismo, a vitamina também auxilia no fortalecimento muscular e, por ser antioxidante, previne o envelhecimento precoce já que promove uma proteção para as nossas células, que não sofrem danos dos radicais livres produzidos.

O que pode causar deficiência de vitamina D?

Os baixos níveis sanguíneos de vitamina D podem ser causados por baixa exposição ao sol ou pela dieta do indivíduo, pobre em carnes ou óleos que contém a vitamina. Entretanto, há certas situações que contribuem para essa deficiência.

Por exemplo, pessoas com pele escura também apresentam mais dificuldade em absorver a luz solar por conta da melanina. Além disso, quando o indivíduo apresenta problemas renais e falha na conversão de sua vitamina em forma ativa ou por problemas de absorção no trato gastrointestinal.

Por último, a obesidade é um grande problema que provoca a deficiência desta vitamina. Como a vitamina acaba por ser extraída pelas células adiposas do nosso sangue, o indivíduo obeso com índice de massa corporal igual ou superior a 30 sofrerá dificuldades na absorção da vitamina e terá níveis baixos dela no sangue.

Pode causar malefícios o excesso de vitamina D?

O excesso de vitamina D em nosso organismo pode causar tantos malefícios quanto sua deficiência. Suas consequências incluem o enfraquecimento dos ossos e dos dentes, além de que o aumento do nível sanguíneo da vitamina pode aumentar a pressão arterial, causar pedras nos rins e arritmias cardíacas.

Há diversos sinais e sintomas indicativos de excesso de vitamina D, como: náuseas, vômitos, falta de apetite, aumento na frequência urinária, hipertensão arterial, fraqueza no corpo, sede e coceira na pele. 

Esse excesso só ocorre com o uso inadequado de suplementos, por isso estes devem ser utilizados somente quando indicados pelo médico especialista ou pelo nutricionista, sempre com respeito na quantidade receitada pelos profissionais.

Não só ligados com doenças sistêmicas, a vitamina D também está relacionada de forma íntima com a depressão. Inúmeras pesquisas mostram que esta vitamina apresenta um importante papel na função cerebral e que, sua deficiência, provoca mudanças de humor e outras doenças mentais, como até mesmo o alzheimer.

Por fim, observa-se que a vitamina D é uma vitamina extremamente importante para o correto funcionamento do nosso corpo e para o nosso bem-estar, e é por conta disso que se deve priorizar tomar banhos de sol pela manhã para estimular a produção desta no organismo ou manter uma dieta equilibrada com alimentos ricos com essa vitamina.

Deixe um comentário